Existe relação entre a diabetes e problemas orais?

DATM: Disfunção Da Articulação Temporo-Mandibular
Novembro 9, 2020

A diabetes e os problemas de saúde oral podem estar relacionadas. Os problemas de saúde oral, nomeadamente as doenças gengivais, podem encontra-se diretamente ligados a doenças, para além da diabetes, doenças renais ou doenças cardíacas.

Que relação existe entre diabetes e problemas orais?

A relação que existe entre diabetes e doenças gengivais é caracterizada como bidirecional. Indubitavelmente, as doenças gengivais não são propícias apenas a pessoas diabéticas, contudo, este problema de saúde pode desencadear um descontrolo glicémico no sangue e, consequentemente, provocar um desenvolvimento da diabetes. Segundo estudos realizados, concluíram que pessoas diabéticas têm maior probabilidade de desenvolverem problemas orais.

Os problemas orais como as doenças gengivais podem ser caracterizadas de duas formas. Gengivite, que significa que a doença está numa fase inicial e a periodontite, que a doença já se encontra em estado avançado e pode resultar em perdas ósseas.

Os diabéticos são mais propícios a desenvolver doenças gengivais mais avançadas, uma vez que estes doentes são mais vulneráveis a infeções bacterianas e têm uma diminuição de defesas para combater bactérias indesejáveis ao tecido gengival.

Evitar problemas orais relacionados à diabetes

Para evitar problemas orais é fundamental que os níveis de glicose no sangue estejam controlados. Assim como, manter uma higiene oral diária. É aconselhado fazer consultas de medicina dentária regulares, com os respetivos exames recomendados pelo médico dentista.

Para que fungos não desenvolvam infeções gengivais é essencial controlar rigorosamente a diabetes e é ainda aconselhado não fumar, e no caso de usar próteses removíveis, deve limpá-la corretamente todos os dias.

Nas consultas ao dentista deve informar o médico dentista sobre o seu estado de saúde, assim como os medicamentos que estiver a tomar, alguma alteração sobre a sua saúde deve também ser informar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *