Cirurgia Oral

Cirurgia Oral


O objectivo principal da Cirurgia Oral é prevenir, diagnosticar e tratar de alterações, lesões e patologias da cavidade oral e estruturas anexas.

Assim, a esta especialidade é a responsável por todos os atos cirúrgicos relacionados com as extrações de dentes que apresentem impossibilidade de manutenção na cavidade oral, nomeadamente dentes com cáries muito extensas e não restauráveis, dentes sem suporte ósseo, dentes inclusos ou supranumerários.

Os procedimentos mais frequentes são a exodontia (extracção) de dentes, remoção de quistos e o tratamento de lesões periapicais (apicectomias).

Os terceiros molares, mais conhecidos como dentes do siso, erupcionam por volta dos 18-20 anos. Com o menor desenvolvimento dos maxilares devido a uma dieta contemporânea cada vez mais elaborada, muitas vezes os terceiros molares acabam por não ter espaço suficiente para erupcionar, podendo causar um apinhamento dos restantes dentes, sendo muitas vezes recomendado a sua extração. Podem também causar infeções, inflamações, lesões de cárie nos dentes vizinhos, mau posicionamento dos restantes dentes, formação de quistos ou alterações de sensibilidade.